Autor: Jumap

Aquilo que publicamos e consumimos nas redes sociais fala muito sobre nós!

por Jumap

Aquilo que publicamos e consumimos nas redes sociais fala muito sobre nós! Certamente alguém da sua casa já disse para você: “você não sai desse celular!” Nesse pouco mais de um ano de pandemia, essa frase fez ainda mais sentido. Mas, temos que concordar que nesse último ano nossas opiniões sobre o tempo no celular […]

Como Dar aos Filhos (e a nós mesmos) um Coração Voltado para Deus

por Jumap

Ser criado num lar cristão constitui um dos maiores privilégios que o ser humano pode experimentar. Conhecer a Cristo cedo na vida, ficar cercado por pessoas que amam a Deus e nos amam, aprender as Escrituras desde cedo – são presentes preciosos de valor inestimável. Mas, para muitos de nós que fomos criados assim, também […]

Evangelho para fora | A necessidade de sair das 4 paredes do templo

por Jumap

Evangelho para fora | A necessidade de sair das 4 paredes do templo Romanos 8:18-32 NVT “Considero que nosso sofrimento de agora não é nada comparado com a glória que ele nos revelará mais tarde. Pois toda a criação aguarda com grande expectativa o dia em que os filhos de Deus serão revelados. Toda a […]

Quando dizer “Deus te ama” não serve de nada

por Jumap

Você já viu algum amigo seu ter atitudes negativas, ou postando aqueles vídeos e frases do tipo Sadboy/Sadgirl, dizendo que a vida é só solidão e tristeza? Se você se importa com esse amigo, qual é a primeira coisa que você pensa em dizer? “Deus te ama!” No entanto, só falar isso não serve… é […]

Dicas de um rei aos ansiosos

por Jumap

 “Quando a ansiedade já me dominava no íntimo, o teu consolo trouxe alívio à minha alma.” (Salmos 94.19) Desde o início da pandemia de covid-19, a ansiedade atinge cada vez mais pessoas, inclusive jovens, adolescentes e crianças. A ansiedade é uma emoção normal do ser humano, mas que pode virar um problema quando leva a […]

Velho demais para…

por Jumap

O processo da vida é dinâmico e, por vezes, acelerado. Quem de nós já não se deparou pensando como o tempo passa rápido, como se não nos déssemos conta que caminhamos para o envelhecimento? Então, por que não pensarmos nesse processo como um processo de “adultecer” e não de envelhecer, propriamente. Mas, porquê desta distinção? […]

Você também pode ser interessar por...